Fator Seguradora

A Importância da Proteção dos Seguros de Responsabilidade Civil Geral


Em um mundo onde as atividades empresariais estão em constante evolução, o Seguro de Responsabilidade Civil Geral vem ganhando cada vez mais relevância. É preciso destacar a importância deste produto e seu potencial de crescimento já que essa pode ser uma alterativa interessante de diversificação do portfólio de Corretoras de Seguros.

O Seguro de Responsabilidade Civil Geral

O Seguro de Responsabilidade Civil Geral é uma proteção essencial para empresas de todos os portes e setores. Ele oferece cobertura para acidentes que resultam em danos corporais, materiais, morais e até mesmo lucros cessantes de terceiros prejudicados. Em um mundo onde litígios são cada vez mais comuns e a conscientização dos direitos do indivíduo cresce, esse seguro desempenha um papel crítico na proteção do patrimônio dos segurados, garantindo a continuidade de muitos negócios. Além das razões mencionadas anteriormente, a evolução da jurisprudência e o aumento das associações de proteção aos consumidores e vítimas reforçam essa tendência. Até mesmo a imprensa e os meios de comunicação atuais desempenham um papel relevante na possibilidade de amplificação das reclamações, tornando a proteção oferecida por esse seguro ainda mais valiosa. Ao contrário dos seguros que protegem o próprio segurado, como os seguros de patrimônio, onde os prejuízos são frequentemente previsíveis, um acidente envolvendo terceiros, em geral, envolve quantias totalmente desconhecidas. Afinal, quem pode antecipar todas as variáveis envolvidas? É difícil estimar o valor do estoque de terceiros, os lucros perdidos, ou o impacto na comunidade.

“À medida que a sociedade evolui, com maior acesso à cultura e à justiça, as pessoas estão cada vez mais cientes de seus direitos, aumentando a probabilidade de enfrentar reclamações e ações legais. Neste cenário, o Seguro de RC Geral se torna uma grande proteção contra incertezas envolvendo terceiros”.  

O Potencial de Crescimento do Mercado de Seguros de Responsabilidade Civil Geral

O mercado de Seguros de Responsabilidade Civil Geral está em constante expansão devido a fatores como regulamentações mais rigorosas, maior conscientização sobre riscos e a evolução dos negócios empresariais. De acordo com dados da SUSEP – Superintendência de Seguros Privados, o mercado de Responsabilidade Civil Geral ultrapassou a marca de R$ 1,8 bilhões de prêmios emitidos em 2023. Isso representa um crescimento de 17% em relação ao ano anterior. Com a demanda em crescimento devido aos riscos associados aos negócios cada vez mais complexos, este mercado só tende a prosperar. Corretores de Seguros que oferecem produtos e soluções em responsabilidade civil geral estão bem-posicionados e saem na frente da concorrência.  

Inovação com a Fator Seguradora – fatorconnect

“Na Fator Seguradora, estamos comprometidos em facilitar o acesso de todos ao Seguro de RC Geral. Por isso, lançamos no fatorconnect o sistema de cotação e emissão mais ágil e simplificado do mercado. Essa solução totalmente digital, apresenta tecnologia de ponta, interface simples e intuitiva, cujo resultado é ganho de eficiência e mais oportunidades de negócios, mesmo para os Corretores menos familiarizados com esse segmento.

Nosso sistema digital elimina as complexidades e os atrasos comuns no processo tradicional de subscrição de seguros. Agora, os Corretores têm a autonomia para realizar cotações e emitir apólices em tempo real. Investimos nesta inovação para reforçar nosso compromisso em facilitar o dia a dia dos Corretores, proporcionando soluções para pequenos e médios riscos mais usuais, como comércios, indústrias e estabelecimentos de ensino, e até mesmo obras, instalações e prestação de serviços.

Em resumo: este é um momento relevante para o produto no mercado de seguros, e estamos ansiosos para continuar a apoiar nossos parceiros com soluções inteligentes e descomplicadas.

Junte-se a nós e conheça essa ferramenta!”

https://canaldigital.fatorconnect.com.br/cadastro/validar-dados  

 

A Fator Seguradora descomplicou o processo de comercialização do Seguro Garantia Judicial


A Fator Seguradora reformulou a maneira de cotar e emitir o Seguro Garantia Judicial Recursal e de Execução Trabalhista, produtos da carteira de Seguro Garantia da Seguradora, migrando 100% da operação de backoffice para o seu canal digital, o fatorconnect. Com esse movimento, a Fator quer desmistificar o Seguro Garantia como produto complexo e que requer especialização por parte dos Corretores. As mudanças são uma ótima oportunidade para os Corretores que ainda não emitem Apólices de Seguro Garantia pelo canal digital da Seguradora. Pelo fatorconnect, a cotação e emissão é descomplicada, autoexplicativa e automática. Em poucos cliques, o Corretor de Seguros consegue realizar o cadastro do Tomador, cotar e emitir uma Apólice. A emissão do Seguro Garantia Judicial Recursal ou de Execução Trabalhista não demora mais de três minutos para ser concluída no novo sistema. Nestas modalidades de Seguro Garantia, quem contrata a Apólice é o Tomador do seguro (empresa que precisa apresentar garantia no processo), que garante ao Segurado (juízo do processo ou a contraparte do Tomador) o pagamento no caso de inadimplência. O público-alvo é qualquer empresa que seja reclamada ou executada na Justiça do Trabalho, independentemente do porte, o que faz o produto ter amplo universo de comercialização. “No seu dia a dia, as empresas precisam lidar com custos decorrentes de processos judiciais. Com o Seguro Garantia Judicial Recursal e de Execução Trabalhista, elas não precisam depositar dinheiro em juízo, nem comprometer suas linhas de crédito contratando fiança bancária. Sempre recomendamos aos Corretores que eles tragam essa possibilidade de contratação por serem produtos de preço acessível e que dispensam o depósito de dinheiro, que poderia ser investido ou aplicado no negócio”, afirma Fabio Gobara, Superintendente de Subscrição da Fator Seguradora. Atrativos para os Corretores Uma das facilidades agora disponíveis passam pelo processo de aprovação automática de crédito, sem a necessidade de interação com a Seguradora. Além disso, os meios de pagamento foram aprimorados, como a antecipação da data do vencimento da 1ª parcela do boleto e a possibilidade de pagamento pelo cartão de crédito. “Esta antecipação pelo boleto ou o pagamento pelo cartão de crédito dá ao Corretor de Seguros mais segurança e eficiência operacional” – comenta Liliana Márquez, Superintendente de Crédito e responsável pela Transformação Digital do Seguro Garantia da Fator Seguradora. Grupos de Tomadores Para a contratação do Seguro Garantia Judicial Recursal e de Execução Trabalhista pelo fatorconnect, são definidos critérios de aceitação para dois grupos distintos de Tomadores: – Tomadores com limite aprovado de forma 100% automática pelo fatorconnect, poderão emitir Apólices de Seguros de até R$ 100.000,00 de Importância Segurada (I.S) até o limite de crédito concedido, sem a necessidade do Contrato de Contragarantia (CCG). – Tomadores com limite aprovado pela equipe de crédito da Fator Seguradora, poderão emitir Apólices com Importância Segurada (I.S) de até R$ 1.000.000,00 de forma 100% automática, desde que tenham seu Contrato de Contragarantia (CCG) devidamente regularizado, bem como, enviar propostas com valores superiores, pelo fatorconnect, e solicitar uma análise à área de Subscrição (mesa) da Fator Seguradora. Para Corretoras de Seguros não cadastradas no fatorconnect, o processo é ainda mais simples. Basta acessar o link e realizar o cadastro de forma 100% digital.

Fator Seguradora conquista o Certificado “Great Place to Work”


A conquista do selo GPTW é o resultado de muito trabalho, dedicação e respeito absoluto aos colaboradores

Com mais de 15 anos de existência e um histórico de sucesso pautado por sólidos resultados e uma estratégia bem-sucedida de expansão das linhas de produtos, a Fator Seguradora acaba de conquistar– o Certificado “Great Place to Work”, que, dentre tantas credenciais, reconhece as excelentes práticas de gestão adotadas por empresas comprometidas com o bem-estar e a felicidade de seus colaboradores. Clayton Lima, Superintendente de Recursos Humanos, conta, neste artigo, os bastidores do sucesso alcançado pela seguradora, e como pretende manter a equipe cada vez mais engajada, comprometida, realizada profissionalmente e feliz: Em 2016, integrei a equipe da Fator Seguradora com o objetivo de impulsionar o plano de expansão. Naquele período, éramos um grupo de 47 colaboradores. Não apenas estabelecemos processos e metas de desempenho pessoal de forma clara, mas também cultivamos uma sólida “cultura de respeito ao próximo”. Foi nesse contexto que reforçamos, através do aprimoramento da nossa comunicação, o compromisso de colocar as pessoas sempre no centro de nossa estratégia. Essa filosofia tornou-se uma obsessão, uma vez que representa a essência da nossa abordagem. Seguindo por esse caminho, tínhamos plena consciência de que os resultados seriam uma consequência natural desse enfoque. Ao chegarmos a dezembro de 2023, contamos agora com uma equipe de 115 colaboradores que, de maneira colaborativa, alcançaram resultados expressivos. Tenho convicção de que estamos no caminho certo. A evolução da Fator Seguradora, que culminou na conquista do selo GPTW, foi meticulosamente delineada. Ainda em 2016, com a chegada do executivo, iniciativas como a “Pesquisa de Satisfação” e a “Pesquisa de Percepção (360º)” ganharam corpo. Além disso, a ‘Avaliação de Desempenho’ destacou-se como uma ferramenta crucial para mensurar e reconhecer nossas realizações. Resultados advêm da excelência da equipe, e pesquisas como as realizadas possibilitaram à seguradora avaliar suas estratégias, ajustando a rota conforme necessário. Nesse percurso, o crescimento foi gradualmente se consolidando. No final de 2019, a empresa reconheceu a necessidade de uma reinvenção, visando dobrar de tamanho em três anos. A meta estabelecida era atingir, até 2022, um resultado de R$400 milhões em prêmios emitidos. A partir desse momento, a Fator Seguradora tornou-se ainda mais desejada por profissionais de destaque no mercado, que passaram a considerá-la uma empresa atrativa para trabalhar, reconhecendo sua expansão e a forma como isso estava acontecendo. Além disso, a Fator ainda contava com um ativo muito importante – seus ex-colaboradores, que até hoje são grandes promotores da marca. Mas aí, em 2020, veio a pandemia e com ela o desafio da área de Gestão de Pessoas em garantir a motivação e engajamento de todos. Naquele momento o nosso grande foco era o bem-estar dos nossos colaboradores e de seus familiares. A pandemia só intensificou nossa cultura do “cuidar”. Pedimos permissão para entrar na casa de todos nossos colaboradores, queríamos estar perto. Conseguimos manter uma comunicação clara e nossa fantástica equipe de Gestão de Pessoas foi super criativa nos diversos gestos de acolhimento e gratidão aos nossos colaboradores – comemoramos à distância todas as conquistas, nos divertimos com jogos que criamos para entretenimento e interação, trabalhamos e fortalecemos ainda mais nossos laços. Conseguimos manter a nossa forma e o nosso jeito de ser. Atingimos, em 2021, a meta projetada para 2022! Para explicar esses feitos, a seguradora manteve a consciência da importância de boas práticas de gestão e continuou a trabalhar em ações para fortalecer a sua cultura. ‘Fizemos o que acreditamos ser correto’, guiados por princípios sólidos. Somos uma empresa jovem, ou seja, já nascemos mais conscientes sobre a importância do respeito. Diversas pesquisas destacam que entre os principais fatores de retenção e atração de talentos estão a oportunidade de crescimento, qualidade de vida e “fit cultural”. Aqui, não apenas acreditamos nesses fatores, mas os praticamos cotidianamente. Mas a Fator foi além. A pandemia passou, e, com ela, a busca incansável pelo encantamento ao “ser humano” só se fortaleceu. Além do respeito àquilo que chamam de “básico”, como uma remuneração e benefícios compatíveis como o mercado, somado a um ótimo plano de remuneração variável e um excelente plano de saúde, a seguradora mantém a rotina de celebrar tudo, sempre. A cada ano, cria-se uma atmosfera de positividade e expectativa para as festas do calendário, como a “Festa Julina”, a “Festa das Crianças”, que abraça os filhos e filhas dos colaboradores em um dia inteiro de atividades na empresa, a “Festa a Fantasia” – que é a mais esperada, e a tradicional de encerramento do ano. No meio de tantas festividades, ainda se celebra, todos os meses, os aniversariantes, com direito a um happy hour dentro da empresa. São diversas iniciativas, esforços e rotinas que, quando somadas, nos unem e tornam a Fator Seguradora um excelente lugar para se trabalhar. A ideia de adquirir a certificação Great Place to Work continuava latente. A sensação é que a Fator Seguradora já era uma empresa certificada, mas sem o selo. Então, por que não formalizar? Em dezembro de 2023, a empresa realizou a pesquisa, alcançando um engajamento excepcional, conforme esperado. No mesmo mês, recebeu a gratificante notícia de que a certificação havia sido conquistada. Pessoas felizes não apenas alcançam resultados excepcionais, mas também desempenham suas funções de maneira única e disseminam boas práticas. Acreditamos que proporcionar um ambiente respeitoso, promovendo a felicidade dos nossos colaboradores, é o caminho correto, e os resultados se manifestam de forma natural. O selo GPTW, como reconhecimento, confirma o êxito de nossos esforços. Para nós, é fundamental cultivar a felicidade neste ambiente. Estamos ansiosos pelo que 2024 reserva! Continuaremos firmes em nossa trajetória.

SincorCast apresenta aos corretores oportunidades em linhas financeiras e seguros de responsabilidade da Fator Seguradora


Na 15ª edição do SincorCast, que foi ao ar nesta quarta-feira, 18 de outubro, o presidente do Sincor-SP, Boris Ber, e o gerente Técnico, Alexandre Del Fiori, receberam o CEO da Fator Seguradora, Luís Eduardo Assis. Para o convidado, foi uma “oportunidade extremamente importante de aproximação dos corretores de seguros, que são o único canal de distribuição da Fator Seguradora”, que atua há 16 anos no mercado. “Aprendemos desde o começo que os corretores de seguros são absolutamente capazes de fazer a ligação com o cliente final. É uma dependência e também uma admiração, pois acreditamos que este tipo de trabalho de conexão humana não vai mudar. A tecnologia já chegou, mas a conexão entre as pessoas continua a mesma, é preciso usar a tecnologia para potencializar a conexão, que será sempre humana”. Alexandre Del Fiori concordou que este tipo de participação proporciona relacionamento, ampliando o portfólio e as oportunidades dos corretores. Luís Eduardo Assis explicou que a Fator iniciou em 2008 atuando exclusivamente no seguro garantia, mas depois buscou diversificação. “Hoje o ramo garantia representa cerca de 25% ou 30% na produção, temos uma torre de riscos operacionais/ property, com cerca de 60% da produção, e uma terceira torre, de responsabilidades, que fazemos RC Geral, RC Profissional e D&O. Ou seja, é uma produção diversificada”. Segundo ele, a companhia buscou esta diversificação para garantir oportunidades. “Existia um risco regulatório no setor de seguros brasileiro que não é desprezível, algumas mudanças podem acontecer e precisamos ter diversificação para estarmos preparados”, disse. “As mudanças vêm ocorrendo de tempos em tempos, tivemos grandes com a Lei de Licitações que afetou o mercado de garantia, tivemos agora a lei do CARF que ameaçou mudar radicalmente o mercado de garantia, mas através da atuação da Confederação Nacional das Seguradoras (CNseg) isso foi editado, e temos agora a perspectiva de novas mudanças com o PL 29, que esse sim pode mudar todo o mercado de seguros. É importante que todos estejam preparados para participar desta discussão, levar adiante e fazer prevalecer os interesses do mercado de seguros. É fundamental termos união das seguradoras, entre corretores, resseguradores, para propostas consistentes e que possam convencer os parlamentares na direção de um mercado de seguro cada vez mais forte. A penetração de seguros no Brasil é desproporcional ao PIB, por isso temos ainda um longo caminho a percorrer juntos”, apontou. Boris Ber ressaltou que os seguros de linhas financeiras e de responsabilidade são vistos pelos especialistas do setor com tendência de crescimento, e questionou como o corretor pode se aproximar da companhia, para entender os produtos e aproveitar as oportunidades. Luís Eduardo Assis esclareceu que a companhia continua fazendo grandes apólices, mas desde 2020 está com um canal digital chamado Fator Connect que tem como um dos principais objetivos buscar uma grande quantidade de apólices de prêmio relativamente baixo. “Já estamos emitindo centenas de apólices por mês neste canal, que é fácil de ser utilizado, e convido todos os corretores para acessarem através do nosso site. Este projeto foi feito para facilitar a vida do corretor, é uma maneira de pulverizar o risco, ter acesso ao mercado de pequenas apólices”. O especialista comentou sobre a importância de o corretor vender a primeira apólice de RC Profissional para deslanchar produção no ramo. “RC Profissional é um produto extremamente desconhecido, o corretor que está acostumado a fazer automóvel, vida, previdência, deve experimentar vender, é importante para sua diversificação, e no Fator Connect ele emite de forma facilitada, em 5 minutos”, defendeu. Também destacou a importância dos corretores de seguros para levarem a cultura da contratação do seguro. “Os corretores devem mostrar aos médicos, por exemplo, que não somente eles podem errar, mas os pacientes podem achar que eles erraram. Os hospitais de primeiríssima categoria têm risco maior de sinistros, justamente porque lá o nível de intolerância do paciente é muito grande. Assim, a sinistralidade para médicos mais renomados e hospitais melhores tende a ser maior, não porque eles errem mais, que é o contrário, mas pelo comportamento do próprio paciente”. Na entrevista, foi ressaltada a participação da Fator Seguradora no próximo evento Voz do Corretor Empreendedor, realizado pelo Sincor-SP em sua sede no dia 24 de outubro, nova oportunidade de aproximação e conhecimento dos produtos e oportunidades. Ao fim do programa, foi realizado o sorteio de um smartphone, cujo ganhador foi o corretor de seguros Dirceu Eugenio Sposito Junior, associado do Sincor-SP pela regional Campinas.

Fator Seguradora anuncia novo Diretor Técnico de P&C


Silvio Steinberg traz mais de 20 anos de experiência profissional no mercado segurador. Ele se reportará diretamente a Luís Eduardo Assis, CEO da companhia A Fator Seguradora, empresa 100% brasileira, especializada em seguros nos ramos de Garantias, Responsabilidades e Propriedades, anunciou hoje a nomeação de Silvio Steinberg como novo Diretor Técnico de P&C da companhia. O executivo será responsável por impulsionar o desenvolvimento de produtos, pela subscrição e desempenho técnico das linhas de negócios de Propriedades e Responsabilidades. A chegada de Steinberg faz parte da estratégia de crescimento da Fator Seguradora, além de consolidar a seguradora como um dos principais players do mercado no segmento corporativo. Silvio Steinberg tem mais de 20 anos de experiência no mercado de seguros, com passagem de destaque por grandes seguradoras e, antes de ingressar à Fator Seguradora, fez parte dos times da Itaú Seguros, AGF, Allianz e por último da Swiss RE Corporate Solutions, onde desempenhou o cargo de Property Senior Vice President por quase 12 anos.

Loading...